quinta-feira, agosto 25, 2005

A recomposição blogosférica

No seguimento de outros comentários, parece-me oportuno falar numa alteração essencial na blogosfera.
Tornou-se notório o abandono dos notáveis, os que têm tribuna na praça e até lhes pagam para escrever noutro sítio. É natural, esses não têm motivação alguma para persistir neste meio. Não têm "tempo".
Ao princípio não era assim: como novidade prestigiante a coisa dava estatuto, distinguia com diploma de avançados e criativos alguns personagens à procura de balanço para subir nos círculos em que já tinham posição. Com este aliciante a blogação foi moda, e muita gente já importante ou com pretensões a sê-lo viveu a sua hora de glória na blogosfera.
Deste ponto de vista há que reconhecer que funcionou bem. Porém, em consequência disso mesmo foi-se pouco a pouco despovoando desses habitantes, à medida que esses blogadores se foram alcandorando a outros lugares que lhes apeteciam mais.
E com o tempo, há que reconhecer, a moda passou de moda. A blogação generalizou-se. Entraram as pessoas comuns. Hoje isto está cheio de gente comum. Os importantes, os importantões e os importantinhos não apreciam isso. É de mau gosto e mau tom. Não fica bem. A mistura aborrece-lhes.
De maneira que este espaço está realmente a ficar para nós. Os que não temos voz noutros areópagos, os comuns mortais que vivem o dia a dia entre a multidão, sem beber do fino nem comungar com os deuses. Valha-nos isso, porque não temos mais nada e a distância entre nós e eles alarga-se todos os dias.

10 Comments:

At 9:40 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Acompanho o ponto da situação que vem fazendo sobre a lógica da blogosfera.Revejo-me neste ultimo post.Sou dos comuns.Gostaria eu de ser dos Pares? Decerto, mas passava a achar menos graça à minha pessoa! Vou continuar e pronto.
E vou continuar a ler o que aqui se escreve.Além do mais o interregno está para durar...

 
At 10:24 da tarde, Anonymous JSM said...

Por lapso não me identifiquei no comentário anterior.
JSM

 
At 11:46 da tarde, Blogger 44 cm said...

Os deuses são demasiado apegados ao ego e ao desejo pessoal para atingirem qualquer cume de realização verdadeiramente significativo. Sem eles, a blogosfera está infinitamente mais interessante.

 
At 11:46 da tarde, Blogger 44 cm said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 11:46 da tarde, Blogger 44 cm said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

 
At 9:42 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Querido Manuel:
La blogosfera se ha convertido, de facto, en uno de los pocos espacios de libertad verdadera. Cuanto mas este la blogosfera fuera de los canales me[r]diaticos, mejor.
Son tiempos, por parafrasear a Jose Antonio Primo de Rivera, para vivir a la intemperie, bajo las estrellas.
Un cordial abrazo,
Rafael Castela Santos

 
At 3:43 da tarde, Blogger Teófilo M. said...

Quando a concorrência aparece, e os pontos de vistas começam a ser desalinhados, é natural que os alinhados se afastem, quanto mais não seja para evitarem ter de defender as suas opiniões.

 
At 5:39 da tarde, Blogger portugal da silva said...

...esta blogosfera ainda tem alguns desses visados no seu corajoso post...
Concordo que, sem eles, ficará cada vez mais interessante!

 
At 11:45 da tarde, Blogger O Jansenista said...

Importante é o homem que dá a vida pelo seu irmão. Que outra importância haverá?

 
At 12:11 da manhã, Blogger António Caeiro said...

Só fazem falta os que por cá estão. porreiro o teu blog.
http://monsarazemfotos.blogspot.com/

 

Enviar um comentário

<< Home