quarta-feira, março 04, 2009

Pirandello em Lisboa

Lembro-me de Orlando Vitorino a dizer que o grau de cultura de um povo pode avaliar-se pela qualidade do seu teatro (ele acrescentava que em Londres é que se fazia o melhor teatro do mundo). Nada sei de Londres, mas a questão estava em que em Lisboa se produz muito pouco, em geral fraquinho.
Nesta cena normalmente pobre é evidentemente um acontecimento a aparição de Pirandello nos grandes palcos da capital.
Amanhã, em Lisboa, no D. Maria II, estreia-se a peça "Esta Noite Improvisa-se", pelos Artistas Unidos (diga-se Jorge Silva Melo).
Luigi Pirandello, escritor italiano (1867-1936), prémio Nobel da Literatura em 1934, é um dos nomes fundamentais do Teatro do Século XX.
Peças como "Esta Noite Improvisa-se", que agora sobe ao palco do Nacional, ou "Para Cada Um Sua Verdade", que ali mesmo fez sucesso em 1963, com encenação de Palmira Bastos e interpretações de Varela Silva e Cecília Guimarães, ou "Seis Personagens em Busca de Autor", que se anuncia para Setembro no São Luiz, também sob a responsabilidade de Jorge Silva Melo, são acontecimentos culturais de primeira grandeza em qualquer lugar do mundo.
"Esta Noite Improvisa-se" é uma peça escrita em 1929, que exige uma encenação com grandes meios humanos (sobem ao palco 32 actores e quatro músicos). Um desafio para o encenador, e para o elenco escolhido. Destaque para a actriz Sílvia Filipe, e outros antigos colaboradores dos Artistas Unidos, como António Simão, Lia Gama, Pedro Lacerda, João Meireles, Andreia Bento ou Pedro Carraca.
Para completar o elenco, Jorge Silva Melo reuniu muita gente nova, através de casting para encontrar jovens actores-cantores. Declara o encenador que ficou surpreendido com a qualidade que encontrou, o que me fez lembrar a minha própria surpresa com o grupo que Filipe La Féria reuniu para levar à cena o "West Side Story" (fui assistir sem expectativas nenhumas, e dei por mim agradavelmente surpreendido com aqueles rapazes e raparigas, de notável entrega e talento).
Em resumo: temos Pirandello no Teatro Nacional, já a partir de amanhã: "Esta Noite Improvisa-se". E em Setembro anuncia-se mais Pirandello, desta vez no Teatro São Luís: "Seis Personagens em Busca de Autor".
Não faltem.
E falem-me das vossas impressões (os leitores de um blogue também têm que ter voz activa nele!).

2 Comments:

At 1:47 da manhã, Anonymous rui said...

o ensaio geral correu muito bem.

 
At 11:01 da tarde, Blogger Freire de Andrade said...

Não sei que outras representações de Pirandello houve em Portugal, mas lembro-me de ter visto "O Pote de Barro" na Sociedade Guilherme Cossoul por um grupo amador. Pesquisando na rede, ("net" em português) confirmei que a minha memória não me atraiçoara e que esta representação teve lugar em 1950 com encenação de Rogério Paulo.

 

Enviar um comentário

<< Home