terça-feira, abril 14, 2009

Os irredutíveis

Pelo que leio nas notícias, Sócrates ainda conta com dois defensores incondicionais: Fernanda Câncio e Marinho Pinto. Vamos a ver até quando.

7 Comments:

At 10:24 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Tem mais dois, e mais importantes, a dupla imbatível: o outro Pinto e a Cândida.



- assino anónimo para me furtar a mais um processo da parte do engenheiro aprovado a inglês técnico por fax num domingo.

 
At 4:19 da manhã, Anonymous Filipe Batista e Silva said...

A propósito do Facebook, que já aqui vi ser elogiado, vale a pena ver esta denúncia que passou na CNN:

http://www.youtube.com/watch?v=uQTz7EBPbGo&feature=channel_page

Já agora, o CEO do Facebook chama-se Mark Zuckerberg.

 
At 4:52 da tarde, Blogger NSR said...

RÁDIO 28! NOVO PROGRAMA ONLINE!

1 HORA DE MÚSICA NACIONALISTA E REVOLUCIONÁRIA!

100% NACIONALISTA!
100% SOCIALISTA

WWW.RADIO28.BLOGSPOT.COM

 
At 11:07 da tarde, Anonymous Tutor said...

Rádios piratas de jovens pouco recomendáveis. Isso passa, daqui a uns meses já andam noutras bandas, outra vez.

 
At 7:30 da tarde, Blogger Réquila said...

Novidade das Edições Réquila: "Espiritualidade Pagã na Idade Média Católica"

edicoesrequila.blogspot.com

 
At 7:36 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Manuel, desculpe-me deixar aqui um comentário para o autor do Blog Bic Laranja, mas não vejo outro remédio.
Porque não sei exactamente quais os Blogs que ele visita, penso e espero que pelo menos este seu, leia.

Estou farta de tentar entrar na caixa de comentários do seu Blog mas é-me impossível porque a recepção dos mesmos não mo permite. Um dias destes escrevi um comentário em que, para além de lhe agradecer a sua resposta e o gentil comentário que me deixou o Attenti al Gatti, referia os bairros antigos e as maravilhosas construções dos séc. XVII e XVIII e até as autênticas jóias da arquitectura Art Nouveau e Art&Deco de fins do XIX e princípios do XX, que apesar de todas as vicissitudes levadas a cabo pela Câmara de Lisboa com a destruição criminosa de muitas delas, algumas porém ainda se conservam de pé, aqui e ali algo degradadas mas todas imponentes, em contraste com a vulgaridade de estilo e pobreza de materiais das que se vão fazendo por aí nos infelizes tempos que estamos a viver. Referi ainda os edifícios pombalinos da baixa lisboeta, em cuja remodelação, por necessidade de compartimentação da extensa área de cada andar por múltiplos apartamentos, se cometeram verdadeiros crimes de lesa-património ao destruír frescos lindíssimos (que poderiam perfeitamente ter permanecido, eu visitei várias dessas casas e, apesar das divisões já terem sido efectuadas, vi paredes repletas de FRESCOS insubstituíveis, outras já todas já picadas à espera de tinta mas onde se detectavam ainda belas pinturas e outros inacreditàvelmente susbstituídos por vulgar tinta de parede!!!, segundo me disseram por imposição dos novos proprietários, umas, outras a mando dos construtores...) em benefício de não se sabe que interesses obscuros. Não se sabe mas calcula-se. Crimes contra um património de valor inestimável. Quem esteve por detrás de semelhantes agressões urbanísticas terá pensado por um minuto no tempo que decorreu desde que aquelas obras d'arte formam efectuadas, o tempo dispensado pelos artistas que nelas empregaram todo o seu saber e arte, a perfeição e beleza que elas representavam e que perduraram mais de duzentos anos? Não pensaram nem sequer um segundo. Os autores de não importa que tipo de crime, carecem de princípios, de sensibilidade e sobretudo de alma.

Portanto já sabe. Apesar do que escreveu um dias destes, o seu Blog é lido e bem. Se não se comenta mais, conforme sugere, deduzo que com alguma lástima, há motivos vários. No meu caso, é porque simplesmente não consigo, os comentários são-me devolvidos. O que não me impede de continuar a ser sua fiel leitora.
Maria

 
At 12:06 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Junta mais o Júdice que também anda a avençar...
Descaradamente
Até mete nojo...

 

Enviar um comentário

<< Home